Idoso de Marília morre com confirmação para o vírus H3N2

18 de Abril de 2018 – Um idoso de 82 anos, morador de Marília, morreu com confirmação para do vírus H3N2, a gripe Influenza A.

A vítima faleceu no mês passado após ser internado no Hospital das Clínicas de Marília com quadro de doença respiratória prévia e cardiopatia. Ele também era tabagista.

A confirmação do caso foi obtida somente nesta quarta-feira (18) pela reportagem do Marília Notícia.

Das outras 16 notificações para Influenza, oito já foram descartadas e oito aguardam resultado.

A vacinação contra a doença começa na próxima segunda-feira (23) na rede municipal de Saúde, junto com a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.

É o primeiro caso de H3N2 confirmado na cidade em 2018. A causa da morte foi comorbidade, ou seja, a coexistência de mais de uma doença. Neste ano ainda não teve nenhum caso confirmado de Síndrome Respiratória Aguda Grave no subtipo H1N1.

Suspeita

O MN também apurou que um menino de 11 anos, morador de Guarantã (distante 68 quilômetros de Marília), está internado no Hospital Materno Infantil (HMI) de Marília com suspeita de H1N1. Confirmação ou não do caso deve sair até o final dessa semana.

A criança fez coleta de sangue nos últimos dias e o material foi encaminhado para exame no Instituto Adolfo Lutz em São Paulo.

A reportagem apurou que a equipe médica não acredita que o garoto realmente esteja com a doença, mas quer descartar a possibilidade de H1N1.

A principal suspeita seria de pneumonia e derrame pleural, pois foi esse o quadro inicial na indicação de internação, ocorrida no último dia 11 de abril. O paciente também teria histórico de diabetes.

Campanha

A vacinação contra a gripe já começou na rede privada brasileira. Já no próximo dia 23 de abril, se inicia a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza na Rede SUS. A meta é imunizar pelo menos 90% da população dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde.

A população de Marília será recebida pelas equipes das 12 UBS (Unidades Básicas de Saúde) e das 38 USFs (Unidade Saúde da Família). A vacinação segue até o dia 1 de junho.

Devem ser imunizadas crianças com mais de seis meses e menos de cinco anos, pessoas que já completaram 60 anos; gestantes e mulheres que deram a luz há até 45 dias; profissionais da saúde e professores de todos os níveis de ensino, de redes públicas e privadas.

Pessoas com doenças crônicas, por meio de comprovação da condição de saúde também devem ser vacinadas.

Os outros grupos conseguem a vacinação por meio de clínicas particulares.

Tipos de influeza

A influenza, ou gripe, é uma infecção viral aguda do sistema respiratório, de elevada transmissibilidade e distribuição global. Uma pessoa pode contraí-la várias vezes ao longo da vida e, em geral, tem evolução autolimitada.

Os vírus influenza são transmitidos facilmente por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar. Existem três tipos de vírus influenza: A. B e C.

O tipo C causa infecções respiratórias brandais, não está relacionado com epidemias. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias, como foi o caso do H1N1 e H3N2.

Dezenas de mortes já foram registradas no país por conta da doença.

Por: 

Fonte: Marilia Notícias.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *